quinta-feira, 21 de maio de 2015

Os benefícios do suco de uva integral

Tomar apenas um copo de suco de uva escura por dia é um santo remédio. Os bioflavonoides, os taninos e o resveratrol encontrados na fruta são os responsáveis pelos benefícios à saúde. "A substância mais importante é o resveratrol, um composto fenólico que fica na casca da uva. Ele funciona como um protetor do alimento contra o ataque de vírus e fungos", explica a nutróloga Cristiane Coelho.


Essa ação também é feita em nosso organismo: o resveratrol combate a produção de toxinas e radicais livres e evita a formação de placas de gordura nos vasos sanguíneos, diminuindo os níveis do mau colesterol (LDL) no sangue, prevenindo infartos e acidente vascular cerebral (o popular derrame). A pressão arterial também tende a ficar sob controle com o uso diário do suco.

E não é só: a bebida ainda age contra o câncer, contribuindo para a redução da incidência de tumores, principalmente os de pulmão, intestino e cólon. De acordo com pesquisas publicadas no periódico americano Journal of Nutrition, os compostos antioxidantes encontrados nas uvas previnem danos ao DNA e evitam que uma célula se torne maligna.


BENEFÍCIOS 

*O suco repara as células do corpo e ajuda a prolongar a juventude da pele.
* Favorece as funções hepáticas (do fígado) e é um valioso estimulante digestivo.
*Acelera o metabolismo, reduzindo o ácido úrico (substância produzida pelo organismo e que causa fadiga).
*Por ser alcalinizante (combate a acidez sanguínea), é indicado para pessoas que consomem carne em excesso.
*Fortalece o sistema imunológico, já que possui ativos com poder anti-inflamatório e antimicrobiano.

*Os 20 antioxidantes presentes na uva (especificamente na casca da espécie roxa ou rosada - as uvas brancas e verdes não contêm as mesmas substâncias) agem em sinergia para combater os radicais livres que favorecem o surgimento de doenças e o envelhecimento precoce.



*Suco de uva integral emagrece, dá saúde ao coração e faz viver mais

*Suco de uva integral é mais benéfico que o vinho
* Faz bem ao coração
* O resveratrol é como um antifúngico produzido pela fruta para combater fungos e pragas que podem atacá-la. Além de defendê-la, ele também faz muito bem para nós, protegendo o coração e as artérias

Quantidade ideal

 Um copo do suco de uva integral concentrado por dia. Há quem prefira diluir em água. Se for o caso, ele pode render muito mais. Só se mantenha atenta para não ultrapassar a quantidade indicada (exagero engorda!) e evite adicionar açúcar.

Fontes: http://www.bolsademulher.com/
http://mdemulher.abril.com.br/





terça-feira, 19 de maio de 2015

Incentivando os alunos a criarem artigos cientificos

10 dicas para escrever e publicar um artigo científico


Confira algumas dicas:
1. Leia sobre o que já feito
Antes de começar um projeto de pesquisa, é importante checar diversas conteúdos da área para conhecer tudo o que já foi falado sobre o tema. Uma das sugestões apresentadas pelo professor Volpato é ler artigos de boas revistas internacionais.  Além disso, é preciso fazer um levantamento de publicações que podem ser utilizadas para dar base ao seu projeto.
2. Pense no nível que a sua pesquisa irá atingir
Antes de fazer um projeto é preciso identificar o nível de ciência que se pretende atingir. Identifique algumas publicações científicas que estariam no patamar da sua pesquisa. Você pretende atingir uma Science, com abrangência em diversas áreas de conhecimento, ou deseja focar em uma publicação especializada? Se a sua resposta for publicar em um veículo científico de grande abrangência, será necessário pensar e elaborar a sua pesquisa de forma que ela seja compreensível para o maior número de pessoas possível, incluindo outras áreas de conhecimento.
3. Apresente uma novidade
Não existe uma boa pesquisa sem algo novo ou relevante. “Os pesquisadores têm dificuldade de aceitar que o tema da sua pesquisa não apresenta uma novidade”, conta Volpato. Segundo ele, após ler sobre o que já foi desenvolvido dentro do tema, é necessário encontrar uma nova abordagem. Uma pesquisa muito repetitiva não pode apresentar grandes contribuições científicas.
4. Saiba a hora certa para começar a escrever
Muitas pessoas começam a escrever o seu artigo na hora errada. Segundo Volpato, para manter a unidade do texto é importante ter uma ideia completa do trabalho. Não comece a adiantar algumas partes do seu artigo sem ter concluído a pesquisa, analisado e interpretado dados.  Antes de começar a escrever, o professor afirma que é necessário já ter em mente a resposta para algumas perguntas: 1) Como surgiu a pesquisa? 2) Onde você chegou? 3) Como chegou nesse caminho e o que me faz aceitar a sua história? 4) O que isso muda na ciência? 5) Por que as pessoas se interessariam por isso?
5. Tenha em mente o tipo de revista que você gostaria de publicar
Após ter uma visão geral do trabalho, respondendo as perguntas anteriores, comece a pensar na revista que você deseja ter o seu trabalho divulgado. Leia diversos artigos e tente observar o formato que eles seguem. “É bom conhecer o jeitão da revista”, apontou Volpato. Pense nessa estrutura quando estiver escrevendo.
6. Mantenha a lógica no texto
Na hora de escrever é preciso observar se as ideias da pesquisa não estão se contradizendo. De acordo com o pesquisador, muitas pessoas acabam cometendo erros nesse item. Introdução, desenvolvimento e conclusão devem estar muito bem alinhados e relacionados. Todas as partes devem apresentar coerência e lógica. Releia o texto e veja se ele consegue manter uma unidade. Não use freses sem sentido.
7. Encontre a medida certa
O tamanho do texto não quer dizer qualidade. “Nenhuma palavra a mais, nenhuma palavra a menos. A gente tem que saber sintetizar”, apontou Volpato. Segundo ele, as pessoas tendem a achar que os trabalhos mais longos são os melhores. No entanto, o número de páginas não é sinônimo de qualidade. É  importante apresentar todos os argumentos de maneira clara e objetiva. Para o professor e pesquisador, a elaboração de um artigo deve ser semelhante a de um prédio. “Ele precisa ser vistoso, importante, sólido e econômico”, defendeu.
8. Seja claro e evite palavras que dificultam o entendimento  
Nada de prosopopéia para acalentar bovinos (ou seja, a famosa expressão “conversa para boi dormir”). Tente tornar a sua pesquisa mais acessível e troque as palavras de difícil entendimento. Segundo Volpato, a ciência tem um caráter transdisciplinar, porém, quando você escreve um artigo cheio de termos técnicos e palavras desconhecidas, a sua pesquisa tende a ficar restrita apenas para pessoas da área. “É importante pensar que você está escrevendo um texto para ser lido por diferentes públicos.”
9. Compartilhe o seu conhecimento
Após concluir um artigo é importante tentar a sua publicação em revistas de divulgação científica. Segundo o professor Volpato, a divulgação da pesquisa é tão importante quando a redação. É a partir da publicação que você poderá compartilhar o seu conhecimento com outros pesquisadores. Além disso, também terá a oportunidade de submeter o seu trabalho para avaliação de outros especialistas. Antes de enviar um artigo para análise, observe atentamente o formato exigido em cada publicação. Algumas revistas têm normas específicas que devem ser seguidas, incluindo padronização de estilo, quantidade de caracteres e outras referências.
10. Acompanhe os resultados
Não pense que a publicação do artigo é o último passo. Após divulgar a sua pesquisa, tente observar a repercussão do seu trabalho no mundo científico. Observe as contribuições acadêmicas da sua pesquisa. Ao visualizar quem está citando o seu artigo, procure entender quais reflexões estão sendo geradas a partir dele.

fonte: porvir.org

Mapa Cultural de Peruíbe

Peruíbe tem o dia do Choro




Na noite de hoje o Grupo de Choro da USP se apresenta no Núcleo da Terceira Idade de Peruíbe, localizado no Boulevard do Centro. O evento – denominado Dia do Choro – tem início às 19 horas, segundo divulgado pela prefeitura local.


* Destaque de Música em Peruíbe 

História sem Fim


O escritor Guilherme Alberto Medeiros lança nesta sexta-feira em Peruíbe, às 19 horas, o livro “História sem fim…”, na Biblioteca Municipal, na Rua Ministro Genésio de Almeida Moura, 13, no Centro.Publicado pela Editora Inteligência, de Peruíbe, a obra teve lançamento oficial na Livraria Martins Fontes, em São Paulo, no mês de abril.O livro “conta três histórias que se entrelaçam e se aproximam apesar das diferenças entre os tempos históricos e os personagens. A história se inicia na Inglaterra da revolução industrial, passa pelo período do Brasil Colônia e continua até os dias de hoje, sem um fim determinado.As promessas de um filho e de um amigo, que gerações depois, sob um mesmo teto, finalmente têm o ambiente ideal para que os espíritos se reencontrem. A mediunidade do pai e a aceitação da mãe faz com que esses irmãos se desenvolvam e evoluam juntos nesta vida.Segundo o autor, a obra é a prova de que o universo sempre oferece uma chance para quem quer aprender e se evoluir”.Parabéns ao autor e ao Marcos Mendes, lutador e incentivador da literatura e da cultura local/regional.

*Destaque em Literatura



Eleições para diretor de escola na Etec de Itanhaém.

Eleições para diretor de escola na Etec de Itanhaém.



Prezados alunos, funcionários e professores.

Será realizado no dia 26/05/2015 das 9 horas as 21 horas- eleição conforme disposto na Deliberação CEETEPS nº01, de 11 de Janeiro de 2000, a Eleição de Diretor de Escola na Etec de Itanhaém. Período de Realização de Campanha de 18 à 22/05/2015.

Cada aluno, professor e funcionário pode votar em até 3 candidatos (pode votar em 1, 2 ou 3 candidatos se assim preferir). O candidato eleito terá um mandato de 4 anos na Direção da Escola. Se você faz mais de um curso na escola (Faz integrado e também curso técnico)  só poderá votar uma única vez.

Não deixe de exercer seu direito! VOTE.
26/05/2015 9:00 às 21:00.


Quem pode participar da eleição?
Orientações para o dia das eleições:
*Docentes:
Todos os docentes contratados pelo CEETEPS, em exercício na unidade de Ensino;
*Servidores:
Todos os funcionários técnicos e administrativos e auxiliares de docente, contratados pelo CEETEPS, em exercício de ensino.
*Alunos:
Todos os alunos regularmente matriculados
*A votação será pessoal e secreta, sendo que o eleitor deverá apresentar prova hábil de identidade e assinar lista de presença antes de votar.
*Cada eleitor poderá assinar até três nomes constantes da cédula oficial
*Serão consideradas nulas as cédulas que contiverem mais de três nomes assinalados ou qualquer sinal que permita identificar o leitor.
*Os votos serão recolhidos em três urnas, uma para votos de professor, uma para funcionário e uma para alunos.
*A eleição será considerada válida se comparecerem à votação metade mais um dos eleitores em cada categoria.

Feira das Profissões 29/04

Viagem Técnica dos 3° ETIM's

Com os professores: Arlete Ataide e Rodolfo Primoceno







Projeto de Literatura-19/05

Projeto de Literatura

Orientadora professora Arlete Ataide

Interpretação de Texto
Leitura Oral
Debate